segunda-feira, 1 de junho de 2009

O amor

É inconstante como as ondas do mar,
é tão frio e ao mesmo tempo tão quente.
Não tem limite e nem barreiras,
ultrapassa todas as medidas.

Amar é andar sem saber o rumo,
passar noites em claro,
é encontrar a felicidade no outro,
e a char que tudo é um conto de fadas.

O amor nos ensina a ser o que nunca fomos,
é eterno e inesquecível.
O amor nos faz de escravos
e não se resume em palavras.

3 comentários:

Gaby disse...

O amor, é um sentimento capaz de transformar qualquer ser.

Adorei o post.

Beijos

Maria Clara disse...

que poesias mais lindas Bê!
estou amando ler *---*
parabéns!
Beeijos <33
Maria Clara Bizinotto

Anônimo disse...

Oi Bê! Seu talento e sensibilidade com as palavras só melhoram a cada dia, voce é uma verdadeira artista e uma poetisa de qualiddade imensurável! Um forte abraço!