terça-feira, 6 de outubro de 2009

Confusões de amor

O que há de errado comigo?
Parece que não querem me ver feliz.
Esse ser chamado 'homem' parece que é feito de pedra,
sem sentimento.
E como se fosse um beija-flor,
voa de flor em flor
e não se apega a nenhuma delas.
O amor cega, mata, prende e possuí.
O amor faz bem e ao mesmo tempo mal.
Como diria Drummond,
"Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor"
Admiro aquelas que fazem votos de castidade,
pois são mais felizes
e não sofrem por esse ser insensível.

2 comentários:

'- JéèhH Speack disse...

'Esse ser chamado "homem" parece que é feito de pedra'

Gosteiii concordooo

Bjs :*

Raquel Beatriz disse...

e a vida segue seu curso natural ...

não há motivos para tamanha rebeldia, até os castos amam de forma sublime!